/*-- Continue lendo --*/ .jump-link {margin: 10px; padding: 2px; font-size:20px;line-height:22px;font-weight: 300; font-family: sans-serif;Open Sans Condensed', sans-serif; width: 120px;} .jump-link a{ color: #76537b} .jump-link a:hover{ color: #8e8e8e}

15/09/2016

RESENHA: VINTE GAROTOS NO VERAO - SARAH OCKLER

Título original: Twenty Boy Summer
Editora: Novo Conceito
Páginas: 288
Autora: Sarah Ockler
Onde comprar: Submarino; Amazon



"Toda a história é parte de um todo, de uma vida toda, entende? Feliz, triste, trágica, seja o que for, mas uma vida toda. E os livros permitem que você as conheça."



    Anna, Matt e Frankie, desde pequenos sempre foram aquele grupo de amigos inseparáveis. Amigos considerados praticamente irmãos, mas isso tudo muda quando Anna começa a se apaixonar por Matt. E o que menos se esperava acontece : Matt morre. 


      Matt  e Frankie são irmãos e desde pequenos tiveram uma grande amizade com Anna, a vizinha deles que acaba virando melhor amiga dos dois. Aos 10 anos de idade, Anna descobre que gosta de Matt , mas deixa em segredo pois tinha certeza que o garoto não sentia o mesmo. Ela estava enganada. 
      Em seu aniversário de 15 anos, seu desejo finalmente vira realidade, Matt a beija e tudo vira um sonho. Infelizmente os sonhos acabam rápido e o que era para ser um sonho acaba se transformando em sofrimento. Com medo de contar a Frankie sobre seu relacionamento, Anna e Matt acabam fazendo tudo escondido. Começam a se encontrar escondidos, a se verem escondidos e tudo mais. Ela não aguentava mais esconder esse grande segredo de sua amiga. Queria contar logo, mas Matt sendo o irmão protetor que é de Frankie não quer que ela fique estranha com ele por causa disso e decide que vai contar a ela quando fizerem a viagem para California com a família. Lá ele teria privacidade para contar para ela o grande segredo  e explicar tudo com calma ao som do mar. 
       Era a última saída deles juntos, até Matt e Frankie irem para Califórnia passar o verão. Os três acabam decidindo comprar sorvete e é aí que a tragédia acontece. Eles entram em um acidente e Matt acaba morrendo. Deixa Anna e Frankie vivos com o seu fantasma. Todos falaram que elas tiveram sorte, mas será que foi uma sorte mesmo ? 
       Mesmo com o acontecimento, os pais de Frankie ainda  estão determinados a ir para Califórnia, pois acham que umas férias fariam bem a eles. Então Frankie convida Anna para ir com eles e ela aceita.
     Anna iria finalmente conhecer a grande Califórnia na qual Matt descrevia para ela, ia conhecer o mar, conhecer tudo. Eram vinte dias de férias. Vinte dias de pura diversão, vinte dias do melhor verão de todos. 
      Preparando as coisas para a viagem Anna percebe que Frankie muda a sua atitude, para uma  Frankie diferente, não uma Frankie dolorida pela perda do irmão mas, uma Frankie que passa maquiagem demais e só fala de garotos. Aí que a história começa a acontecer. Frankie decide fazer uma brincadeira: Vinte garotos em vinte dias de verão. Conhecer vinte garotos em vinte dias para ajudar Anna a perder sua virgindade com um deles, e ela sendo a boa amiga que precisa ser, aceita não sabendo onde estava se metendo. 



       No meio do livro eu achei que não conseguiria ir até o fim. É um livro que vai abordar bastante essa parte de perda, e vai ter muito drama envolvido. A autora, em minha opinião, demorou muito para desenvolver a história e enrolou muito no começo. Mesmo sendo um livro curto, comparado aos outros que leio, foi um livro que demorei um pouco para acabar.





     O personagem que eu já gostei de cara foi o Matt, mas o fato dele morrer praticamente nos primeiros capítulos não ajudou muito ( isso sempre acontece quando gosto de um personagem, eles sempre morrem)  e o outro fato de que a Anna demorou quase o livro inteiro para se desapegar dele me deixou irritada. 
     Tinha horas em que não conseguia tirar os olhos do livro, mas admito que foram poucas. É um livro que na minha opinião se você é fã de drama, e de toda aquela história de não conseguir superar a perda, esse livro é para você. Mas eu não recomendaria para aqueles, que como eu, não curtem tanto assim um drama que acaba não se desapegando ao longo da história. 

Se você já leu o livro, comente aqui embaixo o que achou do mesmo! Adoro ler os comentários sobre a opinião de vocês. :)